Sob a ótica de uma visão sistêmica, ser referência na aplicação de métodos extrajudiciais e autocompositivos de resolução de conflitos, pautados em diálogo e escuta ativa, não-violência e respeito mútuo, espírito de entendimento e cooperação, construção de consenso e de enfrentamento pacífico dos vários tipos de conflitos e disputas inerentes à condição humana, seja em âmbito pessoal, interpessoal, familiar, empresarial, institucional ou comunitário.

Missão

Visão

Contribuir para a construção de um novo modelo de Cultura – de Paz e Não-Violência, como agente catalisador, transformador e pacificador dos conflitos e paradigmas da Cultura atual – Adversarial, de Litígio e Violência. A Cultura de Paz está intrinsecamente relacionada à gestão e resolução pacífica de conflitos.

Valores

Foco sistêmico, conscientizador, humanitário, transparente e ético, sem perder a praticidade.